História.

           A Semana de Integração das Ciências Agrárias foi criada em 2000 pelos alunos do curso de Licenciatura Plena em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Pará – UFPA/Campus Universitário de Altamira que sentiram a necessidade de integrar a universidade, seus alunos, professores e a comunidade em geral (produtores rurais, sindicatos, associações, cooperativas e instituições públicas e privadas), envolvida no processo de discussão a cerca da dinâmica de desenvolvimento regional.

 

           Esta integração configura-se de extrema importância para o processo de desenvolvimento da Amazônia, tendo em vista que possibilita a inserção de todos os atores sociais (estudantes, professores, pesquisadores, extensionistas e agricultores) envolvidos nos debates relacionados às questões agrárias e ambientais, tais como: organização social, regularização fundiária e ambiental, cooperativismo, empreendedorismo, desenvolvimento agrícola sustentável, cadeias produtivas e manutenção dos recursos naturais, tornando-os assim agentes do próprio desenvolvimento.

 

           Com a criação do Curso de Engenharia Agronômica em Altamira em 2001, a Universidade Federal do Pará não ofereceu novas turmas de Licenciatura em Ciências Agrárias, sendo a última em 2000, concluída em 2003. Desta forma, em 2004 os alunos do Curso de Engenharia Agronômica continuaram o evento, coordenando a partir da IV SICA, até a IX, quando ocorreu a criação do curso de Engenharia Florestal neste campus, quando os alunos deste curso passaram a integrar a coordenação deste evento.

 

             Já o ano de 2018 foi marcado por um ano de mudanças, ao qual a Semana de Integração das Ciências Agrárias cresceu e se transformou em Simpósio, com o objetivo de expandir ainda mais o evento e trazer maior visibilidade.

 

             A SICA é coordenada pelos discentes dos cursos de Engenharia Agronômica e Engenharia Florestal, onde os temas debatidos são essenciais para exploração racional dos recursos naturais e garantia de sustentabilidade econômica, social e ambiental do homem nesta região.

© 2019 por SICA.

  • Facebook Classic